Chakras | O que são eles e como reequilibrá-los

Tudo no Universo é feito de energia, inclusive os seres humanos. Cada um de nós possui um campo magnético, chamado de “aura”, que nos diferencia dos outros e nos protege. Só que ela possui aberturas diferentes em nosso corpo, compondo 7 centros de energia em forma de círculos, conhecidos como “chakras“. Os mesmos emitem vibrações o tempo todo e, o que sentimos, pensamos, comemos, bebemos e com quem nos relacionamos pode equilibrar ou desequilibrar esses chakras.

Conheça agora os tipos de centros de energia e como mantê-los em equilíbrio:

1) BÁSICO: Localizado na coluna, em seu último osso, o cóccix, este chakra está ligado à sobrevivência, ou seja, nossa segurança e necessidades físicas. Isso inclui a nossa alimentação, o sono, o sexo e moradia. Em desequilíbrio, nos deixa inseguros, preocupados com a sobrevivência, sem força para lutar pelo que queremos, com depressão, apegados aos bens materiais, com problemas financeiros e de intestino. Para reequilibrá-lo, consuma alimentos vermelhos, como morango, tomates e framboesa, e vegetais. Procure também atividades que te relaxem ou gastem a energia acumulada, como exercícios;

2) SEXUAL OU SACRO: O chakra sexual fica embaixo do ventre e está ligado aos testículos no homem e ovários, na mulher. Representa nossa vida emocional, a expressão do “eu” por meio da sexualidade e criatividade e armazena emoções vividas em todos os nossos relacionamentos. Quando está desequilibrado, provoca dificuldades sexuais, ciúme, inveja, desejo de posse. Para reequilibrar o chackra, consuma alimentos em tons de laranja, como cenoura, abóbora e manga. Além disso, perdoe a si mesma(o). Entenda que tudo acontece como tem que ser;

3) PLEXO SOLAR: Este fica a um ou dois dedos acima do umbigo e está totalmente ligado ao nosso desenvolvimento pessoal. Por isso, ele retém emoções, como a ansiedade, mágoa, medo, angústia e afins. Também é um chakra responsável por absorver a energia dos alimentos e distribuir ao corpo todo. O que desequilibra: Vergonha, medo e raiva. Também pode causar enjoos quando desequilibrado. O que reequilibra: Faça atividades físicas que eliminem o estresse e se alimente com itens amarelos, como o abacaxi e a banana;

4) CARDÍACO: O Cardíaco, como o nome dá a entender, fica na região do coração, no centro do peito. Ele é responsável por energizar o sistema cardiorrespiratório. Por estar próximo do coração, está ligado ao amor e à forma como expressamos nossos sentimentos. Quando desequilibrado, é comum que a pessoa sinta angústia, depressão, taquicardia, apego material, irritação, pontadas no peito… Para reequilibrar, evite sentimentos de tristeza. Leia livros que curta, vá fazer uma caminhada em um lugar legal, fique junto de quem você ama e de animais. Inclua ainda verduras orgânicas em sua alimentação;

5) LARÍNGEO: Está vinculado à glândula tireoide e é responsável pela nossa comunicação, expressão e realização de ideais. Responsável pela boca, garganta, vias respiratórias, mãos e braços, esse chakra provoca dor de garganta, herpes, gengivite, hiper ou hipotireoidismo quando desalinhado. Para evitar o desequilíbrio, não minta para si mesmo e mantenha seus valores alinhados com a forma que vive. Aposte também em alimentos pretos ou azuis, como amoras e mirtilos;

6) FRONTAL: Este é o chakra conhecido como terceiro olho, pois fica na testa, entre as sobrancelhas. Controla todos os outros chakras, todos os comandos que saem do nosso corpo. Ele é responsável ainda pela saúde dos olhos e do nariz. Quando saudável, nos permite desenvolver nossa intuição e clarividência. Se estiver desequilibrado, podemos sofrer com sinusite, sensação de pânico, dores de cabeça e problemas mentais. Então, para evitar, tente não remoer o passado ou se projetar no futuro. Viva o presente. É tudo o que temos! Faça exercícios de concentração, medite e se alimente com alimentos na cor violeta: cenoura roxa, berinjela, uvas…

7) CORONÁRIO: O último chakra se encontra no topo da cabeça, na glândula pineal. Está ligado à nossa conexão e evolução espiritual. É nele que se penetram as energias cósmica e do sol. Também energiza o cérebro, produção da serotonina, regulação do sono, do apetite e do humor. Em desequilíbrio, pode fazer as pessoas desenvolverem fobias, problemas mentais e depressão. Pessoas sem propósitos, que têm medo de ficar sozinhas e que tem problemas com a própria identidade podem ter esse desequilíbrio. As formas de reequilibrar são: Praticar atividades espirituais, trabalhar a conexão com o seu próprio “eu” e estudar sobre espiritualidade. Alimentos como o gengibre, alho e cebola, o coco, a lichia e as frutas tropicais podem ajudar. Lembrando que, se os outros chakras estiverem desalinhados, este não terá harmonia.

 

Além das atividades e alimentos citados acima, há várias outras práticas que podem ajudar, como yoga, thetahealing, reiki, uso de cristais, etc. Vale pesquisar outros métodos.

Lembre-se sempre também que, é preciso trabalhar o equilíbrio do corpo, mente e espírito. Quando sentir um dos sintomas de desequilíbrio citados acima, tente ver o que é possível fazer para melhorar e, dependendo do que for, procure um médico ou terapeuta holístico para te ajudar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s