Lidando com a falta de foco

Você tem notado que começa muitas coisas, mas não consegue dar continuidade? Falta ânimo e foco? E logo vem aquela dor de que o ano está passando e nada de relevante foi feito, não é mesmo? É um tédio que não chega ser uma depressão. É um estado de dispersão. Vamos abordar esse assunto de uma forma mais prática e menos convencional a que vemos por aí.

Porque você está sem força de vontade?

Quando você tem um planejamento e quer realizar algo na sua vida, seja uma dieta, finanças equilibradas, um emprego ou negócio, é fácil se comprometer em começar motivada, cheia de atitude. Mas você perde a firmeza e a coisa cai por terra e você percebe que está se sabotando.

Você precisa entender que a sua atitude interna determina a sua altitude.

Primeiramente, você terá que ver o que está ganhando com esse desânimo e falta de foco, pois sempre ganhamos algo.

Será que no fundo você não tem medo de dar a cara a tapa, de abrir mão ou de se esforçar um pouco mais? Será que quando você diz que não tem tempo, não é uma justificativa para não fazer simplesmente porque não quer? Ou não é mais fácil culpar o governo e terceiros do que encarar as coisas? Pode ser algo para se considerar. Faça uma análise!

O seu foco e as expectativas do mundo

Pode ser também que os seus desejos estão mais alinhados com as expectativas do mundo do que com a sua verdade. O que é um outro sabotador.

Se você decide fazer uma dieta esperando conseguir ficar magra(o), para alguém te notar e assim você ter um feedback positivo sobre sua aparência, você já está fracassando. Por mais que seja um motivador inicial, você sem perceber coloca todo o seu poder pessoal e de atitude na mão do mundo. Então, se alguém te elogiar hoje, você continua, já se ninguém perceber seu esforço , você volta atrás.

Não dá mais para viver pela metade, e para fazer isso, temos quer ser mais coerentes com aquilo que é verdade para a gente e aquilo que é demanda externa.

Se aquilo que você mais quer está associado a como os outros vão te ver, reconsidere se encontrar nos seus sonhos e em seus objetivos.

Como mudar as suas atitudes?

Se você REALMENTE quer estar pau a pau com a vida, acordar bem e motivada(o), não espere tanto a situação ficar favorável. Descubra o real motivo de querer aquilo. Pode até ser até algo fútil para os outros, mas é importante para você neste momento. E veja o que você está fazendo que te impede de passar pelo processo.

Uma pessoa pode ver a Anitta, por exemplo, e achar que quer ser cantora também. Mas será que essa pessoa de fato gosta de música? Passaria horas compondo, cantando o mesmo sucesso todos os dias sem transparecer algo enjoativo? Ou será que a pessoa quer a fama dela e o que ela representa?
Na época em que vivemos, temos muitos modelos de sucesso por aí e acreditamos que se fomos iguais a tais pessoas, seremos felizes. Isso é um erro!
Então, sente-se consigo mesma e se pergunte-se o que você realmente GOSTA nessa vida. O que te move, consequentemente, o que te motiva a ser autêntica.

– Eu quero ser cantora porque quando eu subo num palco, aquilo me preenche de uma forma incrível! Posso fazer isso todos os dias!
– Eu quero emagrecer e ficar gata porque quando eu estou me cuidando, eu me sinto empoderada, confiante, amiga de mim mesma!
Faça a pergunta certa e tenha a resposta certa!
Seus reais motivos + Atitudes Positivas geram Motivação e Foco
Muitas pessoas ensinam o caminho inverso, onde você se motiva primeiro para depois ir para vida. Mas isso é complicado, pois em muitos dias você só vai querer fazer nada.

Dicas práticas para manter o foco

1 – Leia livros e estude conteúdos sobre aquilo que você precisa melhorar

Se você está fazendo uma dieta, por exemplo, compre um livro sobre o tema. Nem recomendo assistir muitos vídeos para você não ter informações divergentes. Mas foque em um conteúdo ou um programa na sua academia que te “obriga” a se manter firme.

Isso te ajudará a manter o foco e fará com que você pense mais sobre como melhorar seu desempenho. O mesmo serve para qualquer área da sua vida.

Também trará insights interessantes que vão fazer com que você tenha mais ação no dia-a-dia.

2 – Evite distrações

As redes sociais foram desenvolvidas para nós passarmos horas dentro delas sem perceber, como um efeito hipnótico. Se você notar que este tipo de distração está te causando problemas, corte-os da sua vida reduzindo-os ao máximo.

Algumas atividades também nos roubam tempo demais e podem ser exterminadas, como certas conversas improdutivas no trabalho e com pessoas negativas que só te jogam medo e falam de desgraças o tempo todo.

3 – Faça mais aquilo que você ama

Descubra aquilo que te traz equilíbrio mental e espiritual. Você adora ler? Escrever? Ajudar os outros? Cozinhar? Cantar? Treinar? Viajar? O que você não tem feito por você ultimamente?

Coloque aquilo que tem a ver com a sua alma cada vez mais presente na sua vida.

Conclusão

A falta de foco e de motivação está inteiramente ligado ao tédio e o tédio é quando nos abandonamos e não percebemos, e isso gera desânimo. O tédio é quando você abre a geladeira e ficar alguns minutos olhando sem saber o que quer comer. Quando você não sabe bem para onde quer ir, qualquer direção é caminho.

É sabendo a sua verdade e aquilo que é latente dentro que você que se consegue desenvolver atitude e encontrar motivação e foco. O mundo externo pode sim te trazer insights, mas é a sua alma que te conhece.

Texto de George Rubadel – Palestrante Motivacional para empresas, Equipes e Vendas. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s