Strava divulga o maior estudo da história sobre a motivação dos corredores

O Strava, a maior plataforma de participação esportiva do mundo, com mais de 50 milhões de atletas, sendo mais de 6,5 milhões no Brasil, anunciou esta semana, o lançamento do maior estudo global sobre a motivação dos corredores em todos os tempos, o “Why We Run” (“Porque Corremos”, em tradução livre para o português).

Ficar motivado é o desafio mais antigo relacionado à saúde e exercícios físicos. Pensando nisso, o Strava reuniu dados de uma pesquisa global com 25 mil corredores para explorar as reais motivações que fazem alguém começar e continuar correndo. Os entrevistados de nove países da América do Norte, América do Sul, Ásia e Europa demonstraram que os corredores em todo o mundo compartilham muitos traços em comum, mas as motivações e recompensas dos atletas diferem entre as regiões.

“A corrida de rua é um fenômeno no Brasil com um número crescente de provas e participantes. A pesquisa Why We Run mostra alguns dos motivos disso, como a questão da saúde, que é muito importante por aqui. Outro dado muito interessante entre os brasileiros é que somos o país que mais ama o momento de cruzar a linha de chegada”, afirma Rosana Fortes, Country Manager do Strava no Brasil.

Pensando em uma corrida como todo, o brasileiro se destaca em diversos aspectos em relação à média global. Por aqui, as pessoas amam planejar suas rotas (27% versus 22% da média global), acordam empolgadas com o despertador (17%, contra 8% do resto do mundo), e amam a primeira milha (1,6km) percorrida mais do que os demais países pesquisados (15% versus 11%). A metade da corrida é uma parte que os brasileiros amam tanto quanto o resto dos povos, com 21%, e as subidas são menos amadas aqui do que lá fora (13% versus 17% – único critério avaliado em que os brasileiros ficaram atrás da média global).

O brasileiro também ama a parte final da corrida (50% versus 37% da média global), e ama ainda mais a linha de chegada (70% – a média global é de 63%). Altamente sociável, o brasileiro também dá mais Kudos (os likes do Strava) do que os outros usuários: 30% dos atletas do Brasil amam receber os Kudos, já a média global é de 25%.

Dos resultados da pesquisa “Why We Run”, o Strava identificou cinco perfis de corredores e motivações principais para cada um deles que passam por atenção à saúde e zelo pela imagem do corpo, além do aspecto social – ou seja, se gostam de correr sozinhos ou em grupo e se curtem participar (e compartilhar) de provas. O perfil mais comum é o de “corredores relutantes” (28%) seguidos dos “corredores fitness” (22%). No meio deste gráfico estão os “corredores aplicados” (20%) e, a medida que o rendimento aumenta o percentual diminui, “corredores conscientes” (16%) e “corredores apaixonados” (14%).

Outros insights da pesquisa foram:

  • A saúde é a principal preocupação e motivador dos corredores de todo o mundo.

Mais de 80% cita pelo menos uma motivação física quando perguntado por que eles começaram, como ser mais saudável, ficar mais forte ou ter mais energia.

  • Mais de 80% dos pesquisados citam pelo menos uma motivação física quando perguntados por quê eles começaram, como, por exemplo, ser mais saudável, ficar mais forte ou ter mais energia.
  • Para outros, a saúde mental foi o maior fator para sair de casa. 
    • Problemas de saúde: 22% dos brasileiros citaram um problema de saúde como o motivo pelo qual começaram a correr (contra apenas 2% nos EUA);
    • Imagem do corpo: 30% dos participantes do mundo citaram a melhora da imagem corporal como motivo para começarem a correr (os alemães se destacaram, com 47%, e o Brasil apareceu em um surpreendente quinto lugar, com apenas 32%);
    • Ficar mais forte: Quase metade dos entrevistados nos EUA (48%) disse que tornar-se mais forte era um motivo essencial para correr. O Brasil ficou em último, neste quesito, dentre os países pesquisados, com 21%;
    • Combate à ansiedade: 15% dos japoneses pesquisados dizem que correm porque isso ajuda a sentir menos ansiedade e depressão. No Brasil foram 5% e na Alemanha 3%.
  • 55% dos brasileiros gostam de correr pela manhã, contra 48% da média global. Nos fins de semana essa média cresce para 76% no Brasil, contra 67% no mundo.
  • Metas motivam mais do que a culpa:
    • Metas (41%) e planos de treinamento (41%) motivam os corredores mais do que a culpa (15%), e também de tirar uma responsabilidade da lista (12%).
  • Corredores amam e odeiam diferentes aspectos do esporte:
    • Os homens adoram correr morro acima (19% amam, 2% odeiam) mais do que as mulheres (10% amam, 8% odeiam);
    • Quase três vezes mais corredores (34%) disseram que toleram a primeira milha(1,6 km) do que amam (11%);

Para se aprofundar nos resultados do “Why We Run”, confira a íntegra dos resultados (documento em inglês) e explore o infográfico interativo de dados – é possível filtrar os resultados da pesquisa por sexo, idade e local.

Baixe o Strava para iOS e Android agora e assine o Strava Summit para personalizar sua experiência e aproveitar os recursos adicionais. 

Sobre o Strava

Strava é a rede social para atletas. Como plataforma de condicionamento físico conectado, os aplicativos e o site para celular do Strava conectam milhões de pessoas ativas todos os dias. Todos os atletas pertencem ao Strava, não importa onde eles morem, qual esporte eles amam ou que dispositivo usam. Entre para a comunidade em strava.com.

Nossas estatísticas favoritas:

•         20 atividades carregadas a cada segundo, 19 milhões por semana

•         Mais de 300 telefones celulares e dispositivos GPS compatíveis

•         Mais de 3 bilhões de uploads de atividades

•         180 funcionários, a maioria em São Francisco e mais em Denver (Colorado, EUA), Hanover (Alemanha) e Bristol (Reino Unido)

•         Mais de 1.100 atletas profissionais estão no Strava

•         1 milhão de atletas ingressam a cada 30 dias

•         Mais de 50 milhões de atletas Strava fazem upload de atividades de 195 países

•         4,9 bilhões de kudos dados entre atletas no ano passado

•         Mais de 4 milhões de fotos compartilhadas por semana no Strava

•         85 milhões de comentários e kudos dados por atletas do Strava por semana

•         R$ 119,00 por ano para aproveitar ao máximo seu esporte com o Strava Summit

•         Mais de 130 comunidades melhorando o deslocamento com o Strava Metro

Fonte: Assessoria Strava

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s