3 dicas para aliviar o estresse

A correria do dia-a-dia, tarefas a cumprir, além das obrigações profissionais e pessoais, sempre foram alguns dos gatilhos para elevar o estresse entre a população. Após o início da pandemia de Covid-19 e suas consequências para vários aspectos da sociedade, o índice de tensão se elevou ainda mais. O problema é que o estresse pode ser o causador de diversos transtornos psicológicos que causam reflexos também na saúde física de um indivíduo. Portanto, encontrar meios de reduzir esse mal é fundamental nos dias atuais.

O médico integrativo, Jean Eldin, comenta que é normal se sentir estressado em algumas ocasiões da vida. “Isso faz parte das emoções naturais do corpo. Quando ocorre uma situação inesperada ou quando algo não sai conforme desejado, esse sentimento surge devido a resposta natural de diversos neurotransmissores e hormônios em nosso organismo. Porém, quando o estresse passa a ser frequente em nosso dia-a-dia, é sinal de que algo está errado e é necessário desacelerar a rotina”, diz.

Entre os riscos mais comuns do alto estresse, estão diversas doenças mentais e físicas. “Muitas doenças são motivadas pelo estresse. Em nível menor, ele pode causar dor de cabeça, fadiga, desconforto no estômago, dentre outros. Quando ele atinge um nível maior, podem ocorrer transtornos mais graves, como o desenvolvimento da depressão, ansiedade, surtos psicóticos, doenças cardiovasculares e circulatórias, gastrite e outros males gastrointestinais, dentre outras consequências”, alerta o médico.

Como reduzir o estresse sem sair de casa?

A boa notícia é que esse problema pode ser controlado e resolvido com alguns hábitos simples. Jean separou algumas dicas. Confira:

Sono regulado: a falta de descanso é um dos principais vilões para a saúde. Sem as horas de sono ideais, é normal se estressar com pequenos imprevistos. Portanto, sempre preze por uma boa noite de sono e, caso obtenha alguma dificuldade em dormir, busque um especialista para resolver o problema o quanto antes.

Alimentação saudável e atividade física: a maioria das pessoas já sabem que uma boa alimentação e uma vida longe do sedentarismo é a principal recomendação para preservar a saúde. Quando se trata de reduzir o estresse, esses aliados também são fundamentais.

Óleos essenciais: com o poder retirado da natureza, é possível controlar de forma significativa diversas doenças psíquicas e físicas. A combinação de óleos relaxantes com os demais hábitos citados acima, proporciona um equilíbrio completo no organismo. Para o estresse em específico, recomenda-se o uso dos óleos de lavanda, bergamota e/ou jasmim, por exemplo. 

Fonte: Jean Eldin, médico integrativo. Trabalha há mais de 10 anos na área. É formado em Medicina pela Unifenas; Endocrinologia na Ipemed e Medicina Ortomolecular no Instituto Artur Lemos. Atualmente, cursa Medicina Quântica na Fisioquantic.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s